Liceu Passos Manuel | Passos Manuel Lyceum 

[Monumento de Interesse Público, 2013] | [Listed Building, 2013] 

FotoAbertura.JPG

Projecto | Project

Liceu Passos Manuel [Monumento de Interesse Público, 2013] | Passos Manuel Lyceum [Listed Building, 2013]

Tipo de intervenção | Intervention Type

Restauro, Requalificação e Ampliação | Restore, Requalification and Extension

Localização | Location

38°42'42.2"N 9°08'59.2"W | Lisboa, Portugal

Projecto – Inauguração | Project – Inauguration 

2007 | 2010

Tipo de Projecto | Project Type

Social | Social

Estado | Status

Construído | Built

[Prémio | Award

Prémio Europa Nostra na Categoria de Conservação, 2013 | Europa Nostra Award in Conservation Category, 2013

Distinguido pela OCDE/CELE como Edifício Escolar Exemplar, 2010 | Awarded by OCDE/CELE as School Exemplary Design

Menção Honrosa do Prémio Municipal de Lisboa – Prémio Valmor, 2010 | Honorable Mention of the Municipality Lisbon Prize – Valmor Award, 2010

 

O Liceu Passos Manuel incorpora uma restrita lista de edifícios classificados do século XX, em parte pelo reconhecimento da sua arquitectura mas também por se lhe reconhecer um especial apreço por ter sido o primeiro Liceu português planeado de raiz a partir dos conceitos inovadores defendidos e proclamados pelo fundador do ensino moderno em Portugal, precisamente o advogado Dr. Manuel da Silva Passos (1801-1862), conhecido por Passos Manuel. A visita do Rei D. Carlos à obra, ainda em fundações, é reveladora da importância deste empreendimento que se pretendia exemplar na reorganização e modernização do ensino em Portugal. Viria a ser o modelo que se pretendia implementar em todo o país. O atraso das obras e o regicídio com a consequente implantação da república terá condicionado o andamento das obras acabando por se verificar um faseamento ao longo de alguns anos acabando finalmente por ser inaugurado em 9 de Janeiro de 1911. O último projecto da responsabilidade de Rosendo Carvalheira resultará de uma simplificação do método construtivo e por consequência num "aligeiramento" da estrutura, recorrendo a tecnologias recentemente utilizadas, o que veio a conferir ao conjunto arquitectónico uma nova modernidade. Uma maior largura e altura entre elementos estruturais com recurso ao aço em vigas e ferro fundido em colunas, grandes superfícies envidraçadas, recurso ao tijolo industrial, ao beton, como se lê na memória descritiva, a mosaicos hidráulicos em pavimentos, são elementos inovadores à época e que caracterizam este edifício. A expressão arquitectónica procura corresponder com a mesma atitude espartana e de rigor funcional da estrutura. A sua modernidade, ainda que de inspiração clássica, é ainda hoje visível e um certo aspecto de edifício industrial mais requintado não deixará de transparecer. A própria organização hierárquica dos espaços e circulações denotará uma certa influência de edifícios funcionalistas onde ocorrem "funções produtivas". O átrio associado à zona administrativa e cultural, com a Biblioteca e o Auditório, as salas de aulas organizadas por temas e em redor dos pátios para descompressão nos intervalos e, finalmente os Laboratórios, autónomos por se tratarem de lugares de experimentação em resultado das aulas teóricas, quase como que a linha final da longa cadeia de produção de uma fábrica. O Liceu Passos Manuel resulta assim num imenso edifício cuja escala o torna quase monumental em virtude do elevado pé-direito, resultado do ainda presente conceito higienista do século XIX que viria a revolucionar os edifícios públicos com especial relevância para os hospitais e instituições de ensino.

 

Situated in the historic centre of Lisbon, this was the first lyceum to be built in Portugal in the context of a broad educational reform promoted by Passos Manuel in 1836. Over its 100 years history the school has remained largely unchanged, accommodating all the changes in educational practice that took place in the 20th century. Now a listed building, the task facing the team renovating the school was to introduce 21st century learning environments while preserving the architectural heritage. They also had a further challenge: the renovation was to take place while the school was in use. The main building was reorganised during a series of discrete interventions. Rather than removing the old elements, an effort was made to restore, renovate and structurally reinforce them in loco. New infrastructure and IT networks were integrated into the structure using non-intrusive methods. Work was undertaken to ensure that the building complied with current environmental quality and energy efficiency standards. This included introducing new renewable energy sources (solar and photovoltaic panels) to ensure thermal and acoustic comfort and energy self-sufficiency. The renovated school now fully complies with recent legislation for buildings regarding thermal performance, energy and acclimatisation systems, and noise and energy performance. New laboratories and a canteen have been created in the basement levels. The canteen opens out onto a new patio at the southern end of the school. This is at a lower level than the surrounding ground, and therefore does not visually intrude on the historic façades. The sports facilities have been substantially enhanced as two gymnasiums have been built below the level of what used to be the playing field. A new outdoor sports court has been installed on the roof of this new structure. Although the historic laboratories and library have been fully restored to preserve evidence of the school’s educational heritage, a new resource centre has been built. It is fully equipped with areas for study and for consulting information and space for exhibiting school collections.

 

Área | Area

16.400,00 m2

Orçamento | Budget

€ 22.000.000

Dono de Obra | Client

Parque Escolar, EPE [Programa de Modernização do Parque Escolar]

Fiscalização de Obra | Site supervision

Gesbau com a Cenor

Acompanhamento Arqueológico | Archaeological supervision

Neoépica

Construtor | General Contractor

HCI – Construções S.A., Mota-Engil

Arquitectura e Coordenação | Architecture and Teams Coordination

Victor Mestre | Sofia Aleixo

Equipa | Team

Nuno Gaspar, Carlos Graça. Est. Alexandra Vieira, Est. Francisco Tristão, Est. Cláudia Almeida, Est. Daniel Pires, Est. João Silva, Est. Raquel Canelas. Carla Santos (secretariado)

Medições e Orçamento | Estimate of building costs

Coopas: Hugo Pombo, Carla Pardal, Susana Couceiro, José Barbosa, Pedro Topa

Maqueta | Model

Est. Alexandra Vieira (existente), Joana Bastos, Carlos Campos (intervenção)

Visualização 3D | Rendering

Est. João Silva, Est. Daniel Pires

Fotografia | Photography

José Manuel

Relatório Prévio (coord.) | Preliminary Report (coord.)

Victor Mestre e Sofia Aleixo

Fundações e Estrutura | Foundations and Structures

A2P: João Appleton e Pedro Ribeiro

Instalações de Águas e Esgotos | Water and Sewage Facilities

Termifrio: Serafin Graña, Ana Casaca

Rede de Gás | Gas Network

Termifrio: Serafin Graña

Instalações Eléctricas| Electrical Installations

Quanti: Luís Alegra

Instalações de Climatização e Ventilação | Air Conditioning and Ventilation Facilities

Termifrio: Serafin Graña

Segurança contra Incêndio | Fire Safety

Nuno Duarte – Arquitectos: Nuno Duarte. Sónia Silva (2.ª Fase)

Paisagismo | Landscape

ARPAS: Luís Cabral

Acústica | Acoustical Study

Acústica e Ambiente: Pedro Martins da Silva

Térmica | Thermal Behaviour

Termifrio: Serafin Graña

Resíduos Sólidos da Construção | Solid Waste Management on Construction Site

Ecoserviços: José Santiago

Plano de Segurança e Saúde | Health and Safety Plan

A2P Consult: Nuno Appleton

Webgrafia | Webography

http://www.europeanheritageawards.eu/winners/lyceum-passos-manuel/
 

http://www.oecd.org/fr/education/innovation-education/centrepourdesenvironnementspedagogiquesefficacescele/designingforeducationcompendiumofexemplaryeducationalfacilities2011.htm
 

http://edfacilitiesinvestment-db.org/facilities/57
 

http://www.cm-lisboa.pt/equipamentos/equipamento/info/escola-basica-e-secundaria-passos-manuel

https://issuu.com/uzina_books/docs/heritage_lyceu_passos_manuel

Bibliografia | Bibliography

AAVV (2011) Heritage: Between Time and Movement, Liceu Passos Manuel. Mestre, Victor; Aleixo, Sofia; Neves, José Manuel das (eds.). Lisboa: Uzina Books.
 

Mestre, Victor; Aleixo, Sofia (2011) “Escola Básica e Secundária de Passos Manuel”. In Parque Escolar 2007-2011: intervenção em 106 escolas. Lisboa: Parque Escolar EPE, p. 28-29.
 

Mestre, Victor; Aleixo, Sofia (2011) “Escola Secundária Passos Manuel”. In Designing for Education: 4th Compendium of Exemplary Educational Facilities 2011, n. 1. Paris: OECD Publishing, p. 210-212.
 

Mestre, Victor; Aleixo, Sofia (2011) “Liceu Passos Manuel”. In Toussaint, Michel; Melo, Maria (eds.) Guia de Arquitetura de Lisboa 1948-2013. Lisboa: A + A Books, p. 56.
 

Mestre, Victor; Aleixo, Sofia (2011) “Modernização do Liceu Passos Manuel”. In Renovar: Liceu Passos Manuel, Heitor, Teresa (coord.), n. 5. Lisboa: Ministério da Educação, p. 14-17.
 

Mestre, Victor; Aleixo, Sofia (2013) “Lyceum Passos Manuel”. In Europa Nostra Laureates 2013. European Union Prize for Cultural Heritage | Europa Nostra Awards, Woodley, R. (ed.). Den Haag: Europa Nostra, p. 22-23.

Mestre, Victor; Aleixo, Sofia. 2011. "Modernização do Liceu Passos Manuel", Renovar: Liceu Passos Manuel. Heitor, Teresa (ed.). Ministério da Educação, 5: 14 - 17. Disponível em https://www.parque-escolar.pt/docs/escolas/publicacoes/005-3020.pdf